Como eram as academias antigamente?

Estar sempre belo é algo que para muitas pessoas ultrapassa limites. Porém deve-se ter em mente que fazer exercícios físicos é extremamente necessário e essencial para a saúde. Bem, nem todo mundo gosta de praticar esportes ao ar livre, por exemplo, e acabam por preferir as academias.

 

Cheias de aparelhos e máquinas inteligente e programáveis, prontas para personalizar exercícios para você. São milhares de dólares investidos em pesquisas e testes, com a finalidade de auxiliar e facilitar, da melhor forma possível, cada vez mais as pessoas. Como toda tecnologia, os aparelhos de ginástica também tiverem seus precursores. Mas, antes, como surgiu a ideia de “academia”?

 

Essa foi uma invenção do Dr. Jonas Gustav Vilhelm Zander, na Suécia, na segunda metade do século 17. A ideia inicial era a “mecanoterapia”, que consistia em uma série de aparelhos especiais que permitiam exercitar o corpo. Depois de desenvolver essas “máquinas” e confiante do sucesso que elas fizeram, o Dr. Zander abriu a primeira academia do mundo em Estocolmo, em 1865. Então, as máquinas mais o local específico para usá-las tornou-se uma ideia popular. Por volta de 1911 já existiam, pelo menos, 300 academias em todo o mundo, iniciando toda uma geração “fitness”.

 

As fotos abaixo mostram como eram algumas dessas “máquinas” criadas pelo Dr. Zander, em 1892.

 

 

Um tanto bizarros esses aparelhos, não? Mas foi graças ao Dr. Zander e suas criações que temos a oportunidade de conhecer e praticar exercícios nas atuais e modernas academias. Não há muito tempo atrás, por volta de 1940, os aparelhos de ginástica já se aparentavam mais com os que conhecemos hoje, a diferença? É que a não precisa se movimentar muito. Como no vídeo abaixo:

 

 


Escrito por: Júlia Marreto
Fonte: Fatos Desconhecidos
Postagem original aqui.

Dá uma olhada nisso!

Autor: girogp

Compartilhar

Comentários no Facebook